81%

Depois de ter triplicado em Abril face a Abril de 2011, o número de casais desempregados aumenta agora 81%, uma percentagem ainda assim bem abaixo da realidade, uma vez que reflecte apenas as pessoas inscritas nos centros de emprego e os casais que o Estado considera dignos de tão sacra caracterização. Isto às mãos de um governo que estufa com a importância da família e de um Presidente da República que exulta com a procriação.

Faltam 10 dias para a Manifestação Pelo Direito ao Trabalho.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

1 Response to 81%

Os comentários estão fechados.