Entre piquetes e barricadas, palavras de ordem e pneus em chamas, não estaremos todos do mesmo lado?

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

4 Responses to Entre piquetes e barricadas, palavras de ordem e pneus em chamas, não estaremos todos do mesmo lado?

  1. Kirk diz:

    Claro que estamos. Só que ás vezes há camaradas que gramam ser mais iguais, mais bons, mais tudo que outros (até serei um deles, às tantas) . Isto é, tudo o que nao seja a seu gosto (ideologico, já se vê) está mal. daí até se chegarem ás acusaçoes vai um passo. É triste mas é verdade.
    Se é para nos movermos no contexto da democeracia burguesa nem deveria ser dificil chegar a consensos. Mas de cada decisão que há que tomar é quase como se estivesse em causa a tomada do poder. Até a luta dos mineiros das Asturias (q segundo uma comentarista noutro post nem serão mineiros….) serve para um gajo mostrar oas suas divergencias, e isto já para não falar do que se passa na Grécia.
    Acho que era César que falava deste povo que “nao se governa nem se deixa governar”. A nossa esquerda é uma imagem disso. O tempo que gastamos em lutas internas….
    K

  2. Renato Teixeira diz:

    Há debates que tornam essa tua declaração algo mais próximo do wishful thinking do que da realidade. O tanto que eu gostava que estivesses coberto de razão…

  3. asd diz:

    Chamem-me estúpido, mas a manutenção de postos de trabalho altamente subsidiados deveria ser menos um objectivo de luta do que a abolição do trabalho!

  4. alias diz:

    “Se os nossos filhos passam fome, os vossos verterão sangue!”

Os comentários estão fechados.