Olhando para dia 22

Quando vi este video da Marta, apeteceu-me dizer que gosto de misturas.
O que seria uma asneira, claro está, já que trabalhadores (e/ou desempregados, precários crónicos, ou reformados) em acção não são “mistura”, lá por pertencerem a sindicatos de centrais diferentes, ou por não pertencerem a nenhum.

Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged . Bookmark the permalink.

3 Responses to Olhando para dia 22

  1. JgMenos diz:

    Alguém me sabe dizer qual é a idade média da ‘mistura’?

  2. a anarca diz:

    Gostei de ler os textos de o João Nobre.

Os comentários estão fechados.