Os neo-liberais, de facto, não compreendem o carácter demiúrgico do trabalho…

Mas, aqui entre a gente, e Direito à Preguiça à parte, é caso para dizer:

Põe os cornos ao diabo, no dia 22!

Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged . Bookmark the permalink.

1 Response to Os neo-liberais, de facto, não compreendem o carácter demiúrgico do trabalho…

Os comentários estão fechados.