Vamos deixar Privatizar as Praias?

Assunção Cristas anunciou que quer privatizar as praias. Há uns anos fui com uns companheiros da Rubra em reportagem pela costa portuguesa. Íamos fazer um filme sobre a resistência dos pescadores de auto subsistência – filme pelo qual fomos premiados – e descobrimos que estes pescadores estavam de facto a resistir a um cenário dantesco de um plano de privatização da costa, elaborado pelo defunto Ernâni Lopes, que agora Assunção Cristas quer pôr em prática. Para os pescadores tratava-se de ter o direito de apanhar dois quilos de peixe e vendê-los, sem pagar impostos, num restaurante – isso era um complemento de reforma ou como se diz por aí a “economia informal” dos pobres. Para o Governo PS tratava-se de limpar a costa daqueles empecilhos para aplicar o Hipercluster da Economia do Mar.

Termino citando uma parte do estudo, que lembra que só há um perigo para a concretização deste plano de rapina: que aqueles que valorizam o passado e a economia tradicional possam «resistir à mudança» (p. 35).

A reportagem completa da Rubra aqui.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

7 Responses to Vamos deixar Privatizar as Praias?

Os comentários estão fechados.