Os tijolos da subversão


A Escola da Fontinha vai ser despejada, se necessário a tiro, não porque é má para as pessoas, mas porque o seu sucesso podia ser contagiante e provava que as cidades são mais do que condomínios para a especulação.

Sobre Nuno Ramos de Almeida

TERÇA | Nuno Ramos de Almeida
Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

3 respostas a Os tijolos da subversão

  1. Contra a repressão,ocupar,resistir sempre!somos todos emigrantes portugueses na Bélgica despejados numa ruela deserta até morrer.

  2. jo diz:

    “A Escola da Fontinha vai ser despejada”

    Tem mesmo a certeza disso?

    eu não…

  3. Luis Almeida diz:

    Mas se fazem tanto mal ao povo, porque não isto?

Os comentários estão fechados.