Da arquitectura. Da resistência.

Quase 50.000 caracteres como resultado de umas horas de conversa com o Manuel Graça Dias e a Ana Vaz Milheiro. Podem ser lidos aqui.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

3 Responses to Da arquitectura. Da resistência.

  1. António Paço diz:

    Tiago, já lá fui e tentei fazer o download para ler mais tarde, com vagar, mas não consegui. Sou eu que sou piço, ou não se consegue mesmo?

  2. Manuel Duarte Saraiva diz:

    Excelente entrevista,e uma “gana” e vontade enormes para ainda acreditar neste país.

Os comentários estão fechados.