Será possível que não se encontre na rede um vídeo da vaia monumental que o Cavaco levou em Guimarães?

Depois do que disse, pela imoralidade da mentira, pela ausência de um espasmo de ética, sem vestígios de arrependimento e, sobretudo, pela reacção que está a gerar, a saída de cena é o único final feliz para esta história. É que já nem o Parkinson serve de desculpa.

É assim que começam a cair governos e chefes de Estado. Sábio, Barroso pirou-se a tempo para Bruxelas e Santana nunca soube o que era não ouvir a verdade na cara. Enquanto não dão à costa imagens da vaia que marcou o inicio de mais uma Capital Europeia da Cultura, fado que o Cavaco vai carregar até ao fim dos seus dias em funções, mate-se saudades do Sócrates e do Coelho.


Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

3 Responses to Será possível que não se encontre na rede um vídeo da vaia monumental que o Cavaco levou em Guimarães?

  1. Pingback: Aníbal Vissarionovitch Silva | cinco dias

Os comentários estão fechados.