Política do pastel de nata

Olhando para os homens-chave do governo de Passos Coelho, Vítor Gaspar, Álvaro Santos Pereira, para não falar dos seus conselheiros mais próximos, vemos o olhar brilhante dos convertidos que nenhuma realidade fará recuar. Se o pastel de nata não resultar, podem sempre cortar a hemodiálise

O resto pode ser visto no link

Sobre Nuno Ramos de Almeida

TERÇA | Nuno Ramos de Almeida
Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

Uma resposta a Política do pastel de nata

  1. Olá,
    Reparei que também estavas a competir no concurso Blogs do Ano 2011 e decidi passar por cá para dar uma vista de olhos e desejar boa sorte.

    Que vença o melhor e que perca o pior.

Os comentários estão fechados.