Uma sugestão de leitura

Pouco aconselhável para quem só goste de desenhos a cores, ou de relatos a preto-e-branco.

Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged . Bookmark the permalink.

7 respostas a Uma sugestão de leitura

  1. João diz:

    presunção e…

    • paulogranjo diz:

      Que se passa?
      Não gosta da Palestina, não gosta de banda desenhada, não gosta de desenhos a preto-e-branco, ou não gosta de relatos que o não sejam?

  2. Ricardo diz:

    Ainda sobre a Líbia, o relato de uma jornalista Britânica:
    http://www.egaliteetreconciliation.fr/Libye-temoignage-de-Lizzy-Phelan-journaliste-britannique-independante-8665.html
    (no youtube: http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=oJgmKeuoCTE)

    Talvez Kadafi não fosse o melhor dos governantes, o mais democrático ou o mais justo, mas num continente como África, talvez fosse o melhor possível e mais tolerado pelas “nossas” “democracias”, até ao dia em que o deixou de ser…
    Talvez o facto de ele não ser “melhor” ou “mais”, tenha origem nos governos que agora bombardearam a Líbia.
    Mas não é uma questão simples, sem dúvida.

    • paulogranjo diz:

      Deixo ficar o comentário, a bem do acesso crítico à informação.
      Mas o livro em questão é sobre a Palestina. Faria mais sentido ter afixado a sua contribuição noutro post.

      • Ricardo diz:

        Sim, sim, o livro é muito bom. Já o li e o último – “Footnotes in Gaza” – também.
        Resolvi comentar aqui sobre a Líbia com a ideia de que pudesse ser um post de alguém.

  3. Leitor Costumeiro diz:

    Camarada Paulo. São todos muito bons, o Joe faz resenhas históricas in loco e portanto melhores que qualquer livro de história, faz muito bem em aconselhar qualquer um dos seus trabalhos…

Os comentários estão fechados.