Os favores a Sócrates

Esta história é absolutamente inacreditável. Mais uma vez, Sócrates pediu uns favores para a sua vida académica e o embaixador vem comentar a um blogue que acha normal fazê-los. E logo a Embaixada de Paris, da qual já tive o infortúnio de precisar, continuando a aguardar resposta. Já passaram quatro anos.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

4 respostas a Os favores a Sócrates

  1. pgr diz:

    E vocês reproduzem isto? Aqui? Por amor de Deus!
    A cegueira é tanta que dão guarida a um blogue como aquele e fazem fé no PPM?

    • Tiago Mota Saraiva diz:

      Sr. PGR, o embaixador confirma a opera do malandro… que não passa fome.

    • Armando Cerqueira diz:

      Não sou simpatizante do PS nem de José Sócrates. Também não os antipatizo demasiado. É que o PPD e o CDS são ainda piores que o PS. Quero dizer: considero o PS, desde 1975, um Partido da Direita Envergonhada – afirma-se de Esquerda por vergonha e para enganar os incautos. Claro que só se deixa enganar quem quiser…

      Ora Sciences-Po é uma instituição francesa de muito grande prestígio. É uma das Escolas que formam os dirigentes da média e da alta burguesias gaulesas. É extremamente difícil ser admitido em Sciences-Po. Diziam-me que só lá entra quem sai de outras muito prestigiosas instituições de ensino: a grande burguesia protege os seus terrenos de caça…

      Quem conheça suficientemente a sociedade francesa e os seus maus hábitos sabe que a cunha ‘blasée’ é moeda corrente e disfarçada nos ‘altos círculos’ (vide o tacho atribuído a um filho sem perfil de Sarkozy…).

      Ora Sócrates não tem currículo académico para ser admitido em Sciences-Po. Se entrou sem currículo…??? Se foi por cunha, isso ficar-lhe-á (e ficar-nos-á) muitíssimo mal.

      Desculpem a minha ingenuidade, e a dúvida metódica…

  2. Rafael Ortega diz:

    O Tiago não é ex-PM, não tem o embaixador a tratar do seu problema…

Os comentários estão fechados.