Lembrei-me hoje dela

Por uma inesperada associação de ideias, lembrei-me hoje, com a admiração do costume, da Natália Correia.

Como acho que, para prendas a quem gostamos e homenagens a quem respeitamos, não são necessárias datas e efemérides, aqui vos deixo a sempre extraordinária Queixa das Almas Jovens Censuradas.

 
Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged . Bookmark the permalink.

Uma resposta a Lembrei-me hoje dela

  1. De diz:

    Isto é o que se chama dois em um
    Thanks

Os comentários estão fechados.