London calling

A Europa vive um violento processo de concentração de capital. Ao contrário do que se repete até à exaustão, o dinheiro não desapareceu, está concentrado em menos pessoas.

Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged . Bookmark the permalink.

6 respostas a London calling

  1. a anarca diz:

    Tiago, o arquitecto
    Não deixe a obra a meio … 🙂
    continuação de bons projectos

  2. De diz:

    “Está em curso em Portugal uma gigantesca redistribuição do rendimento em benefício dos que já mais têm”
    Um excelente estudo do Eugénio Rosa

  3. Abilio Rosa diz:

    Como dizia Milton Friedman, teórico do Neo-Liberalismo: «Não perguntem onde está o dinheiro pois ele não está em parte nenhuma».

  4. Gualter diz:

    Não é bem verdade que o dinheiro não tenha desaparecido e apenas se tenha concentrado. Não descurando os fenómenos de concentração, é preciso que se perceba que, em boa parte, esse dinheiro não passou de dívida, especulativa, que aguardava um crescimento económico global capaz de a repagar. Ou seja, riqueza expectável no futuro, mas não existente no presente e que acabou por não existir no futuro (porque não pôde ser alimentado por uma abundância energética e material crescente).

  5. Vasco diz:

    Só acho estranho que quando o 5 Dias ataca o capitalismo e não o comunismo os comentários são consideravelmente menos. Será este, afinal, um blog de esquerda ou, pelo contrário, contra a esquerda.

    Excelente post, Tiago.

  6. Pingback: 12 DESEJOS PARA 2012 | cinco dias

Os comentários estão fechados.