Os países monárquicos têm mais capacidade de receber atentados terroristas

Para o Rodrigo Moita de Deus, os países republicanos são os únicos que pedem ajuda ao FMI. Os países monárquicos não.
Sem perceber o que tem uma coisa a ver com a outra, lembrei-me – não sei bem por quê – que os países monárquicos são aqueles onde os atentados terroristas têm sido mais frequentes. Inglaterra, Irlanda do Norte, Espanha, Noruega.
Será que a culpa é do rei?

Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged , , , . Bookmark the permalink.

6 respostas a Os países monárquicos têm mais capacidade de receber atentados terroristas

  1. afroking diz:

    Uma pesquisa rápida no google permite verificar (pelo menos à primeira vista) que a única monarquia absoluta africana, a Suazilândia, pediu ajuda ao FMI.
    Mas para esse Moina de Deus, reis “escuros” não podem ser reis a sério. Ainda deve ser daqueles que acredita que os faraós eram todos branquinhos como se vê nos filmes de hollywood.

  2. rei falido diz:

    O reino de Marrocos também já pediu ajuda ao FMI…por volta de 1983, creio eu.

  3. quejorda diz:

    também a Jordânia já recorreu ao FMI em 1989. realmente, ele há monarcas e monarcas…

  4. Abilio Rosa diz:

    Esse rapazinho Moita é um iletrado.
    O infeliz identifica-se como social-democrata e social-marialva.
    Ele é mais um social-mamão!

  5. perspicaz diz:

    sabem o que eu descobri? que nenhum país com um governo comunista alguma vez recorreu ao FMI!!!!
    é que pode estar aqui a solução para os nossos problemas…

  6. Dédé diz:

    “Os países republicanos são os únicos que pedem ajuda ao FMI. Os países monárquicos não.
    Sem perceber o que tem uma coisa a ver com a outra.”

    Tem tudo a ver, é só aplicar a abordagem de Solow. Pelo menos para o PIB resulta…
    QUANTO MAIORES AS PILAS, MENOR O CRESCIMENTO DO PIB

Os comentários estão fechados.