CAMILA’s – Afinal quem são os feios, porcos e maus? Cada classe tem a Camila que merece!

 

 

 

 

 

 

 

Gostos são gostos mas, naturalmente, discutem-se. É natural que o fetiche do Rodrigo Moita de Deus sejam as mulheres de esquerda. Ninguém no seu perfeito juízo lhe censurará o gosto. Os homens de direita que não o reconheçam continuam presos à idade da pedra em matéria de sexualidade ou pura e simplesmente falta-lhes arte para ir além do missionário e o engenho de perceber que a beleza da mulher vai bem além do que as embrulha. Recordar a Camila de Londres e a Camila de Santiago é imperioso também em matéria de regime. Entre a falta de charme da Monarquia e a elegância da República, especialmente a vindoura, a escolha é fácil. Não há ecumenismo que os valha, nem história que os absolva.

O proletariado é lindo!

 

Pyongyang Traffic Girls via Paisagens Contemporâneas.

Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged . Bookmark the permalink.

14 Responses to CAMILA’s – Afinal quem são os feios, porcos e maus? Cada classe tem a Camila que merece!

  1. Pingback: A Esquerda e o Voto. | Aventar

Os comentários estão fechados.