Da esquerda à direita responde-se ao imperialismo dos EUA com o colonialismo europeu. Como se diz Moody’s com sotaque alemão?

BE defende criação de agência europeia de notação financeira. Também aqui.

PS defende criação de agência europeia de notação financeira.

CDS defende criação de agência europeia de notação financeira.

Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged , . Bookmark the permalink.

19 respostas a Da esquerda à direita responde-se ao imperialismo dos EUA com o colonialismo europeu. Como se diz Moody’s com sotaque alemão?

  1. Morgada de V. diz:

    Renatinho, postei por cima de ti sem querer. Se bem me lembro, tu és objector de consciência desta nova regra, por isso presumo que as nossas relações de inimizade não serão abaladas por este infeliz episódio de sincronicidade. Le cas échéant, as minhas desculpas.

  2. rms diz:

    Para combater as agências de rating, nada como criar mais uma!

    • Renato Teixeira diz:

      Que o PS e o CDS vejam com bons olhos o choque imperialista está tudo bem, ou melhor, tudo mal mas absolutamente coerente. O que não se percebe é o desacerto do BE em tudo quanto é matéria internacionalista.

      • João Valente Aguiar diz:

        Renato, estás a ver como o PCP é um partido diferente? E para melhor claro! 🙂

        • Obrigado João. Tiraste-me as palavras do teclado…

        • Carlos Vidal diz:

          Atenção que o Renato sabe isso.
          Ele é eleitor CDU.
          E mesmo que não fosse, sabê-lo-ia igualmente.

        • Renato Teixeira diz:

          Ainda procurei sobre o assunto e uma vez mais parece que o PCP soube esperar para ver o fandango antes de meter o pé na poça. A ser assim, fica-vos bem. 😉 Assim fosse em outras circunstâncias. É que nesta matéria não basta só não cometer erros de palmatória. As “férias” da CGTP são disso um terrível exemplo concreto. O que se falta passar para que lhes chegue o sobressalto, ainda que seja patriótico?

          • Vasco diz:

            Ah então é isso… O PCP não defende isto porque soube esperar… Vá lá temos um génio como o Renato que é eleitor do PCP “mas”… Nem se esperava outra coisa…

  3. Rui Campos diz:

    Gostei desta do BE. É mais uma a juntar à lista. Como se o capital europeu fosse diferente do capital americano. O capital não tem pátria.

  4. Desde de quando a esquerda, mesmo a que me doi, apresenta propostas que rompam com o modo de produção capitalista? E, se bem me parece, o problema é mais grave que uma simples moda, quem sabe se por determinação impensada do contexto!Haja esperança.

  5. Hamílcar Barca diz:

    Ingenuidade ou incompetência?
    “Um-dó-li-tá, quem está livre, livre está!”
    Uma agência de notação da esquerda, precisa-se urgentemente!

  6. Augusto diz:

    Mas é necessario escrever , que já há muitos meses , o Louça e Miguel Portas defendiam esta ideia, e na altura nem PS nem CDS, passando por Cavaco e pelo PSD, ninguem, apoiou esta proposta, antes pelo contrário.

    Aliás o que se está a passar, é que muitas das propostas do BE, feitas há mais de um ano, estão hoje a ser consideradas por certa direita, mesmo com desvios no seu objectivo.

    É assim que a politica se faz em Portugal.

    Para quando uma peritagem ás contas da Republica, para se saber com exactidão , o que se deve realmente, a quem se deve, e para onde foram os biliões que a CEE para cá enviou, nos ultimos 25 anos.

    • Renato Teixeira diz:

      É assim mesmo que se faz política, só é pena que seja política de merda. Defender hoje por excesso o que sabemos que eles vão defender amanhã por defeito.

    • Renato Teixeira diz:

      Mas diga-nos lá, o que ganha a esquerda com agências de notação financeira que defendem os interesses do eixo franco-alemão?

  7. Vasco diz:

    Para um partido dito europeísta como o BE faz sentido… Mas é um tiro no pé (mais um!). Mas há um lado positivo para os lados da Rua da Palma: aposto que o Rui Tavares concorda com o BE nisto…

Os comentários estão fechados.