Se isto não é censura, nem autocensura, então já cá temos o exame prévio.


“O Expresso sabe, também, que em casos muito excepcionais, há notícias que mereciam ser publicadas em lugar de destaque, mas que não devem ser referidas, não por auto-censura ou censura interna, mas porque a sua divulgação seria eventualmente nociva ao interesse nacional.”

Estatuto editorial do Expresso publicado ontem (Ponto 7)

Via Ciberjornalismo

Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged , , , , . Bookmark the permalink.

19 Responses to Se isto não é censura, nem autocensura, então já cá temos o exame prévio.

Os comentários estão fechados.