Questionário

1. Existe um livro que lerias e relerias várias vezes?
Almas Mortas do Gogol, O Velho e o Mar do Hemingway, O Vagabundo Filósofo do Gorki, Crónica de uma Morte Anunciada do Garcia Márquez, Black Boy do Richard Wright.
2. Existe algum livro que começaste a ler, paraste, recomeçaste, tentaste e tentaste e nunca conseguiste ler até ao fim?
Não. Quando me chateio desisto. Tipo Lobo Antunes, nunca passei da 4ª página.
3. Se escolhesses um livro para ler para o resto da tua vida, qual seria ele?
História da Revolução Russa do Trotsky
4. Que livro gostarias de ter lido mas que, por algum motivo, nunca leste?
Guerra e Paz
5. Que livro leste cuja “cena final” jamais conseguiste esquecer?
O Monte dos Vendavais
6. Tinhas o hábito de ler quando eras criança? Se lias, qual era o tipo de leitura?
Sim, quilos de Tio Patinhas, Anita vai às compras, Patrícia vai de férias, Hansel e Gretel, Uma Aventura na…. Não sou como a ministra da justiça, Paula Teixeira da Cruz, que disse que lia Marx com 12 anos. Estive a rir durante uma semana!
7. Qual o livro que achaste chato mas ainda assim leste até ao fim? Porquê?
A triologia dos Caminhos da Liberdade do Sartre. Eu achava que um intelectual de esquerda em formação tinha que ler aquilo. A evitar! É um exercício de auto complacência de alguém deprimido. O Sartre recuperou o papel do sujeito aos estalinistas que viam estruturas em todo o lado, mas trouxe o existencialismo com ele.
8. Indica alguns dos teus livros preferidos.
Os da resposta 1. Mais A Trégua do Primo Levi, O Velho que Lia Romances de Amor do Sepúlveda, Zero e o Infinito do Artur Koestler, Madame  Bovary do G. Flaubert, O Retrato de Dorian Gray do Oscar Wilde, Homenagem à Catalunha do Orwell, Geopolítica da Fome do Josué de Castro, A Mãe, do Gorki, Um Homem Só, do Roger Vailland, todos os da Agatha Christie (grande crónica dos costumes do império britânico em decadência), do Vásquez Montalbán, do Andrea Camilleri.
9. Que livro estás a ler neste momento?
O Tacão de Ferro do Jack London. Porque o fascismo não é uma reacção feudal atrasada como dizia a Terceira Internacional na era de Estaline, mas a guerra civil, como escreveu o Trotsky. O Fascismo é a alternativa à revolução. Há momentos na história em que a democracia burguesa é o fascismo. (Alemanha anos 30, Espanha anos 30). Crise de 29…
10. Indica dez amigos para o meme literário.
O António Paço, o João Delgado, o Rui Viana,  o Bruno Peixe, não me lembro de mais.

 

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

13 Responses to Questionário

Os comentários estão fechados.