M19 | dia 7 – Cerrar os dentes e irritar a burguesia: Assembleias Populares todos os dias (19h), Manifestação no Sábado e Acampada Permanente.

Para o falsete do José Manuel Fernandes, a desafinada da Helena Matos e o desentoado  do Pedro Correia, bastava contrapor a temperada Cátia Domingues, as heterodoxas presenças no Rossio do Garcia Pereira à Helena Roseta ou mesmo a ida do Boaventura Sousa Santos à Acampada de Coimbra. Ao contrário do que querem vender, agora que já ninguém consegue esconder a dimensão das sementes que se espalharam ao vento a partir da Puerta del Sol, este não é um protesto sectário. Naquele que é o fenómeno mais estupendo do ponto de vista popular desde os idos tempos do PREC, as reacções da reacção são o melhor indicador de que estamos a ir no bom caminho. A democracia está nas Ruas e a Acampada do Rossio, assim como as suas Assembleias, têm crescido de dia para dia e de noite para noite. O medo destes senhores é o grande motivo da nossa coragem. Continuemos pois!

5º COMUNICADO DE IMPRENSA:

‘Tod@s ao Rossio!’

Foi aprovada com grande ovação a continuidade da vigília no Rossio e a marcação da 6.ª Assembleia Popular aberta a tod@s quant@s queiram dar o seu contributo na discussão por uma democracia verdadeira e participativa. Na última Assembleia Popular, com mais de quinhentas pessoas, estiveram presentes estudantes de Coimbra e elementos da manifestação na Puerta del Sol, em Espanha, solidários com o acampamento.

Depois de mais um debate vivo, e de dezenas de participações de cidadãos que aproveitaram o “microfone aberto” para dar voz à sua indignação e para apresentar as suas propostas, foram aprovadas as seguintes decisões:

– foi criado um espaço de informação permanente que dará a conhecer as intenções da vigília a quem passe pelo Rossio e questione o seu propósito;

– foi aprovado que as Assembleias Populares decorrerão todos os dias pelas 19 horas, sendo decidida a sua marcação em cada véspera;

– o trabalho dos diversos grupos estará em contínuo desenvolvimento – Acção Directa e Cultura, Comunicação e Informação, Manifestação (28 de Maio), Manifesto (em construção) e Debates, Organização Formal das Assembleias Populares, Logística, Assessoria Jurídica e de Segurança;

– A cada dia intensificam-se os apelos a apoio logístico: – água, azeite, geleiras, sacos térmicos, latas de conserva, pratos, copos e talheres reutilizáveis, corda grossa, lonas de tecido e plástico para proteger do sol e da chuva, cavaletes, etc…

‘Isto é só o princípio!’

Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged , . Bookmark the permalink.

28 Responses to M19 | dia 7 – Cerrar os dentes e irritar a burguesia: Assembleias Populares todos os dias (19h), Manifestação no Sábado e Acampada Permanente.

Os comentários estão fechados.