Se é para ser governado por chulos não seria preferível levar as putas ao poder?

Ao invés de cortarem na despesa do Estado que é gasta no cumprimento dos direitos colectivos, porque é que os liberais-fascistas não deixam de vez de ser agiotas da mais-valia dos trabalhadores e colocam as suas empresas efectivamente a funcionar no mercado livre? Se são tão alérgicos ao Estado e tão pouco amigos da coisa pública porque são incapazes de viver sem roubarem a tributação dos salários? Se querem poupar na ninharia que garante um mínimo de igualdade à maioria social porque continuam a gastar fortunas a salvaguardar a liberdade da minoria financeira?

 

Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged , . Bookmark the permalink.

5 Responses to Se é para ser governado por chulos não seria preferível levar as putas ao poder?

  1. sportiguista ateu diz:

    Olhos nos Olhos, ordem de Passos Coelho.

    Os portugueses teem que se habituar a olhar de frente.

    Talvez passos tenha descoberto onde está o nosso pior mal

  2. Nuno Castro diz:

    Penso que sim, seria preferível. Assim como assim, os filhos já lá estão, pelo que ficava tudo em família…

  3. Migpt diz:

    Quem inventa um termo “liberais-fascistas” não faz a minima ideia sobre o que é o liberalismo e pior ainda, nem sequer sabe o que quer dizer “fascismo”. Acusar alguém de ser “liberal-fascista” é o mesmo que dizer que alguém está “morto-vivo”

  4. Pingback: Repito: liberais-fascistas! E reforço: o pior dos liberais e o pior dos fascistas. | cinco dias

Os comentários estão fechados.