As carpideiras de George W. Bush

Pedro Correia poderia ser o director do Daily News

O Pedro Correia, quando vem ao 5dias, faz lembrar a história do patinho, em qualquer uma das suas versões. Para ele está tudo bem com a narrativa à volta do propalado assassinato de Bin Laden. Para ele está tudo bem com os urros ululantes do Ocidente à volta da fogueira. Para ele está tudo bem mesmo que nem sequer saiba quem está a arder, desta vez, na fúria furibunda da santa inquisição. Ele está certo quando diz que o 5dias é um local inigualável, embora se lamente que com tantos anos a ler o que para aqui se escreve ainda não tenha aprendido o segredo do sucesso. Basta pensar antes de escrever ao invés de escrever apenas o que pensam os outros. É fácil. Pedro Correia deveria preferir dar ouvidos a outro tipo de yankees para além de George Bush e de Barack Obama. Sem que tenha que sair dos anti-comunistas podia ao menos beber alguma da sabedoria de George S. Patton:

“Se toda a gente está a pensar da mesma maneira, é porque alguém não está a pensar”.

Percebeu?

Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged . Bookmark the permalink.