VII CONVENÇÃO DO BE (I): De manifesto em manifesto até ao manifesto final

O João Teixeira Lopes e a Ana Benavente decidiram dar razão ao Carlos Vidal e assinaram um manifesto por um capitalismo melhor que termina assim: “PELA REGULAÇÃO DEMOCRÁTICA E SOLIDÁRIA DO CAPITALISMO”. O BE e o PS aderiram de vez ao poliamor. Só pode. A boa notícia é que não sobra grande esquerda na lista do cacique do deboche. No Caderno de DeBatEs à VII Convenção do BE, já no próximo fim-de-semana, para além do tradicional boletim de voto, das duas uma, ou ele é distribuído aos convidados do PS com uma caixa de preservativos ou aos delegados da oposição com uma 38mm. A ver vamos. O 31 da Armada, o Blasfémias e o Arrastão já estão credenciados? Deve valer a pena o espectáculo.

Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged , . Bookmark the permalink.

15 Responses to VII CONVENÇÃO DO BE (I): De manifesto em manifesto até ao manifesto final

Os comentários estão fechados.