Sim, recordar é viver, mas a malta quer esquecer

(imagem roubada a um blogue chamado palâtre que se finou há meses largos e já não existe sequer em cache)

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

6 Responses to Sim, recordar é viver, mas a malta quer esquecer

Os comentários estão fechados.