Lock-out, essa cena sexy

Tal como em 2008 (aqui, aqui, aqui e aqui), um lock-out de patrões da camionagem é, nos media, uma greve de camionistas.

E é provável que, tal como em 2008, o resultado seja o mesmo.

Afinal, se (para cobrir as asneiras governativas que se fizeram) se rouba quem trabalha, os reformados e os despedidos, mas se poupam os privilégios fiscais dos bancos e especuladores financeiros, porquê mudar de receita?

Assim como assim, o que se passou há uns dias atrás foi irrelevante; o pessoal há de amouxar. E, aqui entre a gente, quem governa não governa a vida de pessoas.
Governa outras coisas bem mais abstractas – assim a modos que o país, a pátria, ou o Terreiro do Paço, a zona de São Bento, ou quanto mais não seja o Largo do Rato.

Que a coisa seja uma greve de camionistas, então.

Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged . Bookmark the permalink.

5 Responses to Lock-out, essa cena sexy

Os comentários estão fechados.