Bloco de Esquerda, o oportunismo no seu melhor

No dia 6 de Fevereiro, o Diário de Notícias noticiava a recusa de Francisco Louçã em dar prioridade a uma moção de censura. Então, o coordenador do Bloco de Esquerda dizia: “Sabemos que no dia em que estamos a discutir não tem qualquer utilidade prática a apresentação de uma moção de censura”. Isto a propósito da discussão levantada pela possibilidade de apresentação de uma moção de censura do PCP.

Hoje, 10 de Fevereiro, o Bloco de Esquerda, através de Francisco Louçã, no debate quinzenal na Assembleia da República, anunciou que vai apresentar uma moção de censura. Vai faze-lo no primeiro dia útil dentro de um mês, depois da tomada de posse de Cavaco Silva. A jogada foi tão rasteira que o próprio primeiro-ministro José Sócrates afirmou que “foi apenas para se antecipar ao colega do lado”.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

38 Responses to Bloco de Esquerda, o oportunismo no seu melhor

  1. Pingback: Qual incoerência, precisam de tradutor? | Aventar

  2. Pingback: Sobre A Moção De Censura « A Educação do meu Umbigo

Os comentários estão fechados.