Cartão de Eleitor

Estou no intervalo de serviço numa mesa de voto e aproveito para vir aqui desabafar.

Cartão de Eleitor: não há. Já há uns tempos que não são emitidos Cartões de Eleitor. Deixou-se de o fazer devido à transição do antigo Bilhete de Identidade para o novo cartão Cartão de Cidadãode identificação mais funcional e completo que prometia substituir um conjunto de outros cartões. Mais um exemplo de Simplex.

Mas as pessoas que estiveram à frente da concepção do novo cartão, são pessoas de visão limitada.

Primeiro, escolheram um nome sem pensar no seu respectivo acrónimo, o que deu logo aso a uma vaga de piadas (não estivéssemos nós num país latino). Para quem não se recorde a primeira versão do nome do novo cartão era Cartão Única, o que embora correspondesse à função que pretendia cumprir, dava origem ao acrónimo CU.

Lá mudaram para Cartão de Cidadão, o que dá um acrónimo sem piada nenhuma. Mas lá tem várias informações e substitui o Bilhete de Identidade, Cartão de Segurança Social, o Cartão de Contribuinte, o Cartão de Saúde. Note-se que os 3 últimos Cartões serviam (ou podiam servir para pagar ao Estado).

Mas as brilhantes cabeças esqueceram-se do Cartão de Eleitor e de colocar no CC (lá está, dava mais graça meter no CU) o número de eleitor. Enfim, um número necessário em dias como hoje, para cumprir um direito e dever constitucional da nossa República Democrática. Resultado centenas (se não milhares) de pessoas a nível nacional têm de ir procurar o seu número de eleitor, e aparecem nas secções de voto com um Post-It com o número. Então o CC não tinha espaço para mais esta informação?!

Isto já para não falar das confusões criadas (ainda) quando as pessoas fazem o seu primeiro CC e vêem o seu número de eleitor alterado, sem serem informadas.

Sobre André Levy

Sou bolseiro de pós-doutoramento em Biologia Evolutiva na Unidade de Investigação em Eco-Etologia do Instituto Superior de Psicologia Aplicada, em Lisboa
Este artigo foi publicado em André Levy. Bookmark o permalink.

8 Responses to Cartão de Eleitor

Os comentários estão fechados.