Daniel Oliveira lembra, e bem, texto de Paulo Portas sobre Cavaco Silva, escrito em 1995. No mesmo sentido, recordemos o que escreveu Daniel Oliveira sobre Manuel Alegre, em 2004.

Resumo gráfico

“… Não vejo grandes alternativas no PS, pelo menos enquanto Manuel Alegre disser coisas como que «sente uma grande incomodidade» (Expresso) e que tem saudades de estar a caçar perdizes.”

“Tenho pena que a “ala esquerda” do PS tenha escolhido Manuel Alegre como alternativa a José Sócrates. A escolha de um histórico, em vez de um dirigente ligado a uma nova geração de socialistas, marca uma postura de resistência e não de conquista, de passado e não de alternativa futura.”

Daniel Oliveira, em “As perdizes e outros aprendizes”, e “Alegre, ma non troppo”.

Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged . Bookmark the permalink.

9 Responses to Daniel Oliveira lembra, e bem, texto de Paulo Portas sobre Cavaco Silva, escrito em 1995. No mesmo sentido, recordemos o que escreveu Daniel Oliveira sobre Manuel Alegre, em 2004.

Os comentários estão fechados.