ÚLTIMAS SONDAGENS: Cavaco e Alegre perdem votos em campanha

Nova sondagem, desta feita da  TVI e da Intercampus, deixa claro que nenhum dos dois candidatos criou o movimento que sonhava, e qualquer um deles perdeu votos durante o mês de campanha. Aliás, ao redor de cada um destes candidatos, não há mais do que aparato profissionalizado e jogo de interesses muito pouco interessantes. Cavaco unifica toda a direita mas nenhuma direita já se excita muito com Cavaco e nenhum centro o atura com bons olhos. Alegre virou a panaceia de interesses obscuros e negócios palacianos entre três dos quatro maiores partidos da esquerda portuguesa. A vitória do primeiro não trará nada de novo. A vitória do segundo será mais um salvo conduto a Sócrates. A derrota de Alegre, já que a de Cavaco parece inevitável nas urnas, é também a derrota da estratégia política da direcção do BE que como alguém comentou, nem fracturou o PS, nem fez crescer o partido, nem evitará a derrota do Cavaco. Tudo pelo contrário: fracturou o BE, unificou o PS e deixou Cavaco sem oposição à altura. A derrota do Alegre será então uma vitória de todos os que não quiseram ir por aí. O povo, esse, como não é tão estúpido como o pintam e gosta pouco de chantagens, tem vindo a tirar votos aos dois, engrossando acima de tudo a abstenção mas também as outras candidaturas, os votos brancos e os nulos. Afinal, e mesmo que um dos dois se venha a sentar na cadeira de presidente, é possível que ambos percam nestas eleições. A bem da nação, claro.

[A Sondagem do Expresso e da Eurosondagem, bem como a do Sol, tiram as mesmas conclusões.]
Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

12 Responses to ÚLTIMAS SONDAGENS: Cavaco e Alegre perdem votos em campanha

Os comentários estão fechados.