Nobre, cheio de si

“Não é possível demover-me da minha intenção. Só há uma maneira: dêem-me um tiro na cabeça, porque sem tiro na cabeça eu vou para Belém”

Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged . Bookmark the permalink.

18 Responses to Nobre, cheio de si

Os comentários estão fechados.