Cartão de visita e escova de dentes

Nasci em Lisboa, em 1964, na casa dos meus avós, no Beato. Vi hortas ao longe transformarem-se em bairros periféricos; vi fábricas e armazéns transformarem-se em condomínios de luxo. Frequentei o ensino primário fascista, com a consciência de que tinha como horizonte a mobilização para a guerra colonial. O 25 de Abril ofereceu-me a imensa alegria e uma escola em mudança, onde a cidadania se aprendia nos corredores. Frequentei a Escola António Arroio, uma escola que, por ser amor, nos dava a aprendizagem da luta.

Trabalhei como fotógrafo, redactor, desenhador gráfico e ilustrador. Em 1988, iniciei os meus estudos superiores, como bolseiro do curso de Pintura da Academia de Artes Plásticas de Praga, Checoslováquia. Vivi por dentro a queda dos regimes socialistas do Leste da Europa e a sorridente mas amarga transição para o tempo da barbárie capitalista. Mas vi também a minha escola metamorfosear-se numa escola de paixão, prazer e responsabilidade.

Concluí os meus estudos, em 1996, com a obtenção do mestrado em Artes Plásticas – Criação Intermédia. Tenho trabalhos aquiaqui aqui. E também aqui. Sou militante do PCP. Integrar este projecto do 5 Dias é uma outra forma de participar na nossa tarefa de fazer o mundo.

Vivo devagar, lavo e estendo a minha roupa e gosto de trabalhar em cafés ruidosos com janela para a rua. Tenho esta irmã; e sou irmão deste; e deste. E há ainda os outros. Da minha mãe, das minhas mães e dos meus pais. E não me casei com esta mulher.

Moro actualmente em Lisboa e, neste preciso momento, estou a fazer qualquer coisa.

Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged . Bookmark the permalink.

56 Responses to Cartão de visita e escova de dentes

Os comentários estão fechados.