O 5dias é como o vinho do Porto, a crise política, a financeira e o conflito social! Assim devemos concluir quando se fechou 2009 a ser elogiado por Pacheco Pereira, e 2010 a ser elogiado pelo Maradona. Em 2011, e a avaliar pela direcção do vento, será a vez do Daniel Oliveira.

“Nisso o 5 Dias contrasta na clareza com os blogues da “esquerda”serventuária do governo, cada vez mais dedicados à eliminação simbólica dos adversários pelo insulto mais soez e pelo desvalor, acompanhado pela desinformação anónima vinda dos gabinetes ministeriais, – um típico “estilo do poder”. E contrasta também com a efectiva “social-democratização” (esta palavra eles entendem) de algumas luminárias do Bloco de Esquerda que caminham para serem a “esquerda” do PS, que ajudam sempre que este está aflito. Não é que este estilo governamental corporativo-jugular não tenha também implícita uma incitação à violência, resultado do insulto sistemático contra as pessoas, mas os seus autores, uns anónimos empregados dos ministérios e outros da esquerda bon chic bon genre que gravita à volta da figura de Sócrates, abjurariam de imediato qualquer alusão à violência e ficam muito incomodados com o que lhes lembra o 5 Dias.”

Pacheco PereiraDezembro de 2009

“O esforço para “debater ideias” é uma das coisas que mais admiro em vossas excelências; é que não páram, sempre a pensar nas merdas e o caralho. (…) Este é, de muito longe, o meu blogue preferido, a minha melhor escapatória da malha conceptual que o império me impige sem que eu me aperceba; desde que descobri o 5 dias que nunca mais vi o mário crespo. we’ll always have Corpo de Intervenção da PSP.”

MaradonaDezembro de 2010

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

14 Responses to O 5dias é como o vinho do Porto, a crise política, a financeira e o conflito social! Assim devemos concluir quando se fechou 2009 a ser elogiado por Pacheco Pereira, e 2010 a ser elogiado pelo Maradona. Em 2011, e a avaliar pela direcção do vento, será a vez do Daniel Oliveira.

Os comentários estão fechados.