Com a imprensa suave Cavaco pode tudo e ganha sempre

Cavaco pode esconder as acções que teve na SLN, pode fingir não ter nomeado Dias Loureiro como Conselheiro de Estado ou ser o responsável pela ascensão de Oliveira Costa, pode fingir que nada teve a ver com os ruinosos contratos assinados entre o Estado e a Lusoponte pelo seu ministro Ferreira do Amaral – actual presidente do conselho de administração da referida empresa, ou com as várias concessões rodoviárias a privados que asfaltaram o país, pode tiriricar a língua sem ser motivo de referência, pode confundir o Estado Social com as instituições privadas de solidariedade social, pode afirmar-se a favor da gratuitidade da educação e da saúde sem que o tema das propinas no ensino superior ou das taxas moderadoras venha à baila. Cavaco tudo pode e ganha sempre. Quando se irrita ou atrapalha é porque está indignado, quando insulta é porque é acutilante, quando não responde e remete para a “sua” página da presidência da república é porque é inteligente, quando confunde é porque a questão foi mal colocada.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

17 Responses to Com a imprensa suave Cavaco pode tudo e ganha sempre

Os comentários estão fechados.