DOMINGOS CLANDESTINOS – José Mário Branco e o FMI

Em tempos de crise o texto do José Mário ganha ainda mais actualidade, mesmo que o próprio provavelmente diga que nem por isso, talvez para combater a inércia dos vindouros. No Clandestino da Rádio Universidade de Coimbra, que temos vindo a revisitar aos Domingos, um dos programas tinha que ser dedicado ao combate à organização financeira dos cruzados e uma ode tinha que ser feita ao autor do seu melhor texto satírico, um dos grandes da música popular portuguesa e um resistente no campo dos princípios e dos valores que Abril, apesar de Novembro, ainda nos deu o prazer de parir.

Descarregue aqui.

Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged . Bookmark the permalink.

2 Responses to DOMINGOS CLANDESTINOS – José Mário Branco e o FMI

Os comentários estão fechados.