Somos a maior

O camarada Tiago Mota Saraiva e moi-même fomos nomeados bloggers do ano no combate de blogues. O Tiago é internacionalmente conhecido pelo seu labor stakhanovista, mas eu devo ter sido nomeada por Deus, porque duvido que o primeiro-ministro assuma responsabilidades neste vergonhoso ajuste directo que muito nos honra. Benfiquismos à parte, é um combate entre duas mundividências, um choque de bloguizações: o Tiago é da escola arquitectónica à dúzia é mais barato; eu inaugurei um género, a blogger que não bloga. Trabalho vs indigência. Nesta sociedade corrupta rendida aos valores da produtividade, é um combate perdido à partida. Mas pronto, na segunda volta podemos todos engolir um sapo e apelar ao voto útil na esquerda produtiva.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

14 Responses to Somos a maior

Os comentários estão fechados.