Uma dupla imbatível de “chefes”

Note-se que o acordo PS-PSD, a ser formalizado amanhã, é a garantia de que o senhor da foto, com os votos de facto de ambos os partidos, vai vencer facilmente as próximas presidenciais (é o nome da coisa) para aí com uns 60 a 70% dos votos. Nunca percebi porque é que os (ligeiramente) imbecis jugulentos não gostavam (fingiam não gostar) da personagem: ele é, sempre foi, o aliado por excelência de alguém que por aí anda como “primeiro-ministro” de há uns anos a esta parte (o facto consumado do OE 2011 deve-se mais à personagem da foto do que ao engenheiro da UNI). Ká Wamos Yndo.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

4 Responses to Uma dupla imbatível de “chefes”

Os comentários estão fechados.