Alguém faz o favor de traduzir e editar este livro em Portugal?

O que me faz mais impressão é que a academia israelita – para o pior e para o melhor, uma extensão das academias norte-americana e britânica – tenha precisado de chegar ao século XXI para “receber” Gellner e todo o chamado “modernismo” nos estudos sobre o nacionalismo, e para perceber (entre muitas outras coisas) que, se até ao marxismo é atribuído um prazo de validade, essa fantástica construção histórica que é o sionismo tem esse prazo já desde há muito perimé. O poder da ideologia não cessa nunca de me espantar.

Sobre António Figueira

SEXTA | António Figueira
Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

12 Responses to Alguém faz o favor de traduzir e editar este livro em Portugal?

Os comentários estão fechados.