A coerência dos patriotas dos seus interesses

(…) ‘núcleo duro’ luso, como el BES (7,99%) y Ongoing (7,3%), cuyos máximos responsables respectivos Ricardo Salgado y Nuno Vasconcelos llegaron a pedir al Gobierno de Lisboa que utilziara la “golden share” del Estado para proteger los “intereses estratégicos” de PT (…)

Ricardo Salgado, presidente do BES, um dos principais accionistas da PT, explicou ontem por que votou a favor da venda da Vivo: para manter a PT independente. Depois, disse ao Negócios que espera que o veto da “golden share” não dê cabo do negócio.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

3 Responses to A coerência dos patriotas dos seus interesses

  1. xatoo diz:

    Quando se fala de “interesse estratégico” de uma empresa que (em última nálise) depende de accionistas nacionais não é de “propriedade colectiva” ao serviço dos utentes nacionais que os senhores banqueiros falam e se trocam e baldrocam. Eles falam da usurpação dessa propriedade que deveria ser colectiva por interesses privados; sem que haja custos para o utilizador-accionista; É um jogo viciado, sem qualquer risco; quando corre menos bem os senhores banqueiros e accionistas fazem repercutir os prejuizos pelos usuários dos serviços. É esta de facto a função do actual Estado no Neoliberalismo: uma espécie de polícia-sinaleiro da economia privada

  2. antonio diz:

    Oh Tiago, eles ‘tão tesos, não se conseguem financiar lá fora a preços decentes e precisam de liquidez. Além de que os ‘tugas’ olham muito para hoje, amanhã “seja o que zeus quiser.
    Vai daí…

    Além disso parece que a Tefonica vai ‘uppar’ a proposta para oito mil milhões de euritos… Isso é muita fruta.

  3. idi na hui diz:

    ‘…para manter a PT independente’.Desculpe-me, xor Salagado, mas,não se importa de fazer um desenho?
    Os accionistas tugas,demonstram muito da sua pequenez,o seu espirito no fundo,anti-empreendedore, essas tangas todas do risco(aliás,viu-se bem quem arcou com as contas cujo resultado é estarem a morder a mão que lhes alimenta).Os emprendedores,accionistas e,em essência os merceeiros de balcão sujo,estão dispostos a entregar o ouro,por missangas e outras merdas.Até parecem os ameríndios e os negócios de nuestros hermanos…

    A burguesia é parasita.A portuguesa é algo que se pode encontrar nos sitios mais esconços da sargeta….

Os comentários estão fechados.