Arquivos Mensais: Junho 2010

Eu não sou o Carlos Vidal

A Deposição, de Caravaggio. Pinacoteca do Vaticano. Isto foi assim: em meados de Fevereiro, estando eu em Roma, fui ao Vaticano pedir as bênçãos papais e ver a Deposição de Caravaggio, mas no lugar onde devia estar o quadro, nienti. … Continuar a ler

_Publicado em cinco dias \ 5 comentários

Entrevista de Álvaro Cunhal à Polítika (7 de Maio de 1990)

Capas do números quatro e cinco da Polítika A segunda entrevista de Álvaro Cunhal à revista Polítika foi dada ao número quatro desta publicação. Tinha a foice e o martelo na capa, acompanhada pela frase: “Ainda cá estamos”. O design … Continuar a ler

_Publicado em cinco dias \ 3 comentários

Sim, certamente terá ontem recebido um telefonema de agradecimento

De agradecimento pela análise rigorosa, compreensão e solidariedade expandida no notável texto “A caça ao homem”, publicado no “Expresso”, 26/6/2010, texto que consubstancia uma tese de uma sofisticação só comparável à obra “literária” (por assim dizer) “Equador”; tese, vamos lá: J Sócrates é … Continuar a ler

_Publicado em cinco dias \ Tag \ 13 comentários

Insustentável

Cavaco Silva afirmou, no seu Roteiro da Juventude que: “A maioria dos que estão aqui sabem que há bastante tempo que o país se encontrava numa situação económica insustentável (…) bastava ter presente a evolução de três variáveis: o desequilíbrio … Continuar a ler

_Publicado em André Levy \ 5 comentários

Festival Med 2010: dia 2 (24 de Junho) – a loucura sérvia

Foi com um recinto relativamente cheio (mas longe do que julgo ser esperado no fim-de-semana) que decorreu o 2º dia do festival. . Em termos de propostas musicais, a noite iniciou-se com um dos primeiros projectos nacionais dedicados ao Afrobeat, … Continuar a ler

_Publicado em cinco dias \ Comentários fechados em Festival Med 2010: dia 2 (24 de Junho) – a loucura sérvia

Cristiano Ronaldo forever

Durante a esmagadora vitória de ontem por 0-0, houve um momento em que traí as minhas obrigações patrióticas e fiquei do lado do adversário. As câmaras filmavam a torcida brasileira com uma faixa que dizia “Só há um Ronaldo / … Continuar a ler

_Publicado em cinco dias \ 18 comentários

NÃO, NÃO, NÃO, NÃO ME FODAM A CABEÇA, ISTO NÃO É VERDADE, ESTA FRASE NÃO FOI DITA POR NINGUÉM, É IMPOSSÍVEL!

“Mário Soares é um patriota, gosta de Camões. Eu gosto dos políticos que gostam de Camões. Eu gosto muito do doutor Mário Soares”. (Li no “Expresso”, via “Portugal dos Pequeninos”; isto tem de ser falso, é uma impossibilidade flagrante; aguardo … Continuar a ler

_Publicado em cinco dias \ 32 comentários

Política FIFA

Nos jogos do campeonato do mundo que tenho visto, houve mais amarelos por protestos do que por faltas que põem em causa a integridade dos trabalhadores da bola.

_Publicado em cinco dias \ 20 comentários

Flexibilidade e polivalência de princípios

Apresentar uma queixa crime por difamação no contexto da acção política é a maior ameaça à liberdade de expressão – Miguel Abrantes O Ministério Público mandou arquivar a queixa do primeiro-ministro e líder do PS, José Sócrates, contra João Miguel … Continuar a ler

_Publicado em cinco dias \ 1 comentário

Itália (ontem): 1.000.000 contra o plano de austeridade

_Publicado em cinco dias \ Comentários fechados em Itália (ontem): 1.000.000 contra o plano de austeridade

Um país a saque

Os cinco anos de Sócrates como primeiro ministro terão sido os mais desastrosos do pós 25 de Abril para a generalidade dos portugueses. A subida do desemprego e o aumento do fosso entre ricos e pobres, será o mais pesado … Continuar a ler

_Publicado em cinco dias \ 11 comentários

Em tudo o que se mexe, há negócio de um PS

_Publicado em cinco dias \ 4 comentários

Coisas que aprendi no Brasil, n.º 6 (e chega).

Time, de team, mas também equipa, de équipe, nenhuma melhor que a outra, a cada um o seu barbarismo, a verdade é que a língua de Camões não tinha recursos próprios para o hodierno fenómeno desportivo – a menos que … Continuar a ler

_Publicado em cinco dias \ Comentários fechados em Coisas que aprendi no Brasil, n.º 6 (e chega).

Entrevista de Álvaro Cunhal à revista Polítika (10/3/88)

Pormenor da capa do número 3 da revista Polítika O Luís Carlos Amaro (o autor do grafismo do 5 dias) e eu estívemos na fundação da revista Polítika. A publicação editou seis números, de 1987 a 1992. Feita apenas com … Continuar a ler

_Publicado em cinco dias \ 12 comentários

CRISE POLÍTICA EM FRANÇA: o sinistro vigarista que comanda a República chama para encontro privado o vigarista sinistro do desporto-rei

Acho que não se conhecem muito bem os temas que trataram ontem em encontro privado misterioso, Sarkozy, o “Napoléon-très-petit” e o sr. T. Henry, génio futeboleiro da “manualidade” (em cima os dois bem à esquerda, em foto de 2008). De … Continuar a ler

_Publicado em cinco dias \ 16 comentários

Quem corre por amor não cansa

Sou acusado de excesso de honestidade na defesa do poliamor por, sem defender nenhum modelo de relacionamento amoroso como mais ou menos apropriado para quem quer que seja, afirmar que, para quem vive alguma forma de poliamor, há uma tentativa … Continuar a ler

_Publicado em cinco dias \ 8 comentários