Os ricos que paguem a crise que foram eles que lucraram com ela!

Conheça os salários dos principais gestores em Portugal. Ao contrário da generalidade dos trabalhadores que ganham cerca de metade (55%) do que se ganha na zona euro, os gestores recebem em média mais 32% do que os americanos, mais 22,5% do que os franceses, mais 55 % do que os finlandeses e mais 56,5% do que os suecos.

Mata da Costa: Presidente dos CTT, 200.200 €

Carlos Tavares: CMVM, 245.552 €

Vítor Constâncio: Banco de Portugal, 249.448€

António Oliveira Fonseca: Metro do Porto, 96.507 €

Guilhermino Rodrigues: ANA, 133.000€

Fernando Pinto: TAP, 420.000€

Fernanda Meneses: STCP, 58.859€

José Manuel Rodrigues: Carris 58.865 €

Joaquim Reis: Metro de Lisboa, 66.536€

Luís Pardal: Refer, 66.536€

Amado da Silva: Anacom, Autoridade Reguladora da Comunicação Social, ex-chefe de gabinete de Sócrates, 224.000€

Faria de Oliveira: CGD, 371.000€

Pedro Serra: ADP, 126.686€

José Plácido Reis: Parpública, 134.197€

Cardoso dos Reis: CP, 69.110€

Vítor Santos: ERSE, Entidade Reguladora da Energia, 233.857€

Fernando Nogueira: ISP, Instituto dos Seguros de Portugal, 247.938€

Guilherme Costa: RTP, 250.040€

Afonso Camões: Lusa, 89.299€

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

5 Responses to Os ricos que paguem a crise que foram eles que lucraram com ela!

  1. Pascoal diz:

    Recebi isso por mail hoje de manhã pouco depois das 8 horas.
    Copiaste e um mail ou investigaste e produziste tu esse material?

  2. Renato Teixeira diz:

    Como quase tudo o que me chega neste campo, esta noticia também me chegou por mail. Confirmada a fonte avancei com a publicação. Tratam-se de dados publicados em Outubro do ano passado no JN.

  3. Renato Teixeira diz:

    Eu e uns quantos milhões de portugueses…

  4. Pingback: Leitura Recomendada #3

Os comentários estão fechados.