Em busca do outro lado de lá do mar

ERRÁTICA, revista online. Fiquemos com o Brecht da imagem.

Sobre Nuno Ramos de Almeida

TERÇA | Nuno Ramos de Almeida
Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

5 respostas a Em busca do outro lado de lá do mar

  1. Pingback: Tweets that mention cinco dias » Em busca do outro lado de lá do mar -- Topsy.com

  2. Niet diz:

    Meu caro: Tentei traduzir. Depois vi que havia já uma versão. Destaco esta estrofe de um rigor dialéctico total: ” As coisas vão melhorar. E não pergunto: quando “. Mas Brechtéstá mais do seu lado, contudo. Bis immer! Niet

  3. Niet diz:

    Errata : Brecht está…..

    Niet

  4. Nuno Ramos de Almeida diz:

    Niet se clicares no link está traduzido e tem até música do Kurt Weill

  5. antonio diz:

    Fui lá ver, e tenho o azar de falar alemão, fünf Jahre in eine Deutsche Schule wann Ich ein Kind wahr, und meine Mutter könte also ganz gut Deutcsh sprechen.
    Es tut mir leid/lamento imenso, mas essa trad. do site desses ‘brazucas’ é qualquer coisa entre o incompetente e o indigente.

    Se calhar um destes dias aventuro-me a traduzir akilo como deve ‘de’ ser. Mas será realmente preciso ? Brecht e Weill precisam mesmo de ser traduzidos ?

    Eu acho que é intuitivo.

    E por exemplo, salvo erro, uma versão disto até terá passado aqui pelo rectângulo, mas exactamente onde não me lembro.

    🙂

Os comentários estão fechados.