Todos pela imbecilidade

Há um conjunto de beatas de sacristia, padres idosos, escutas desocupados, malucos de catequese, tipos com galões mas sem neurónios e de fachos vários que querem decidir sobre as pessoas que cada um de nós mete dentro da cama. Essa brigada do reumático promove uma manifestação contra os casamentos homossexuais. Um blogger conhecido pelo seu imenso radicalismo verbal, apenas comparável pela sua imensa tolerância ao governo PS e à Câmara Municipal de Lisboa, pretende-nos “provocar”. Como se houvesse alguma dúvida sobre a nossa posição sobre o assunto. Em relação à parte foclórica da contra-manifestação, para dar razão às beatas e fachos e dramatizar o assunto, a minha dúvida é se tu vais de fato ou de máscara? Como é carnaval, há sempre hipótese de ires de máscara e gravata.

Sobre Nuno Ramos de Almeida

TERÇA | Nuno Ramos de Almeida
Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

20 Responses to Todos pela imbecilidade

Os comentários estão fechados.