anti-essencialismos

Um recado generalizado a todos os que lêem e escrever neste blog: não essencializem e generalizem os LGBT, os activistas LGBT e o movimento LGBT. Tentem perceber a diferença entre os diferentes discursos. Tentem perceber a diferenças entre um discurso hegemónico e liberal e o resto… Não sejam simplistas! A partir daí a discussão tida em alguns textos anteriores pode continuar para caminhos mais frutiferos.

Carlos apenas uma clarificação. Se olhares para textos (programas), declarações e votações fica claro que o PCP é contrário (neste momento) à adopção por casais homossexuais. Tal como o PS! E ao contrário do Bloco de Esquerda que a defende no seu programa e nos seus projectos. Pessoalmente para mim esse é um elemento essencial na minha leitura do mundo. Até porque faço parte daquele grupo de pessoas que nao quer casar, mas quer sim com o seu companheiro, poder adoptar!

Por isso nao generalizem sobre o que o movimento LGBT está a fazer politicamente. O movimento quer igualdade em todos os campos sociais. Luta por esse igualdade de modos muito diversos e com estretégias politicas diferenciadas. Pessoalmente fico contente com a abertura do centrão político ao tema, mas sei que essa abertura é liberal e integracionista (há gente que me vai matar por esta frase) e não transformadora radical da sociedade onde vivo… isso é outro caminho… e, é um caminho que só vejo passivel de ser feito por uma esquerda…

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.