O topete dos simplexes

Como é que alguém que apoia o partido de Mesquita Machado se indigna com o gajo da mala?

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

3 Responses to O topete dos simplexes

  1. i.tavares diz:

    Finalmente Sr Luís Rainha,parece-me que sempre temos alguma coisa em comum.Mas não me venha dizer que a sua crítica é independente,e que por critica todos de igual modo.O tanas.

  2. Luis Rainha diz:

    Se a minha crítica é independente, nem ideia tenho. Que eu sou independente, não duvide.

  3. Beatriz diz:

    Não é só a mala, é o gesso no braço…..

Os comentários estão fechados.