As razões de Ferreira Leite e o nosso combate legítimo

jogging-q

«Não falou verdade quando disse claramente à comunicação social que não sabia de nada. O Estado tem uma golden share na PT. Não é possível tomar uma decisão estratégica destas sem o Governo saber. Portanto, tem de saber, de certeza absoluta. Deixa-me desconfiada sobre a transparência da decisão que foi tomada», disse a líder do PSD, em entrevista ao programa dia D, transmitida na SIC e SIC Notícias.

Mas mais: Ferreira Leite alega ainda que o negócio, se «como se diz pode levar à substituição do director-geral da TVI (…), então é “gato escondido com o corpo todo de fora”: é simplesmente uma intervenção do Governo num órgão de comunicação social que, como ele disse várias vezes, lhe era incómodo».

Manuela Ferreira Leite tem razão, obviamente. Senão, porque é que J Sócrates ontem ironizou com um deputado do CDS dizendo-lhe mais ou menos isto ? – você não queria que a TVI mudasse de linha editorial pois não? A que ponto chegámos, um primeiro-ministro dizendo estas “graçolas” !! Continuem a votar nisto, depois verão.

E em relação ao leitor que dirá que já me apanhou: “diz-se comunista, mas prefere Ferreira Leite a Sócrates”. Pois bem, isso não é bem exacto, porque peca por defeito: olhando para a trampa (“armadilha” em castelhano e em português) jugulenta e para o PS/Sócrates, eu a isso prefiro tudo, mas mesmo tudo!

Está certo assim? Percebido? (E para me esquecer do lixo que me cerca – nos cerca – o meu próximo post, logo ou amanhã, terá Bach ou Rembrandt como tema, logo verei. Ainda somos livres como a gaivota que voava, voava, não somos?)

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

11 Responses to As razões de Ferreira Leite e o nosso combate legítimo

Os comentários estão fechados.