BLAIR ou o homem com vergonha de si mesmo (Tony Blair – parte II)

Tony.Blair.1

Tony-Blair-002

Um despacho da Associated Press datado de 15 deste mês, intitulava-se “Britain to conduct long-awaited Iraq war inquiry”, informando-nos que Gordon Brown, actual primeiro britânico tinha autorizado um inquérito independente nacional sobre a participação do seu país (então liderado por um boneco de “poucos” escrúpulos de nome Tony B.) na invasão americana do Iraque em 2003.

Soube-se sábado, através do The Observer, que esse famoso “estadista” (como os fãs portugueses, Teresa de Sousa do “Público” por exemplo, lhe chamavam) deseja e pressiona para Gordon Brown manter fora do alcance público, secreto ou privado, esse inquérito.

Parece pois que o homem tem vergonha dele próprio e não é caso para menos, desejando, cobardemente, continuar a pavonear-se de “conferência” em “conferência” uma vez que essa nova actividade lhe vem rendendo alguma coisa.

O meu primeiro post sobre o assunto intitulou-se “Continuará Tony Blair impune e sem ter nada a ver com nada?”. Ora, a resposta está mais ou menos dada: sim, vai continuar impune e sem ter nada a ver com nada (mas não se livrará da vergonha que deve sentir de si mesmo – será?).

(Blair real – foto de cima. Um indivíduo mascarado, foto de baixo, exactamente no momento em que anunciava estar o seu país em guerra.)

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

6 respostas a BLAIR ou o homem com vergonha de si mesmo (Tony Blair – parte II)

  1. Uncle Sam diz:

    Wanted, dead or alive

  2. 9elo diz:

    A Questão. Quem deve ser responsabilizado pela matança?

  3. Sempre me pareceu ser um cabotino da pior espécie. O filme The Queen mostra bem o calibre do menino risonho.

  4. Paulo Ribeiro diz:

    vidal, lembre-se: absolutamente necessário pôr o boneco castel-branco no ar e abanar para reiniciar.

  5. almajecta diz:

    ó carlos, apesar da alta intensidade, isto não tem pés nem cabeça. Tem lá paciência, e dá descanso ao Platão agora que chegou o verão. Melhor as ideias da sociedade de “riesgo” do anthony giddens em realismo utópico, o ulrich beckh, a sociologia do bloco e etc e tal. E porque razão a grande bretanha alinha sempre com o Império? Vai ao Clausewitz ou para Guadaloupe.

  6. Julia diz:

    Vidal, mais uma vez??

    francamente. este senhor é quase tão foleirote como o ronaldinho com cara de cu.

    que coisa hedionda! o Blair parece um porteiro de casa de putas de lancaster naquela primeira fotografia. O Vidal tá numa de foleirice. Lá se vão os pergaminhos todos da FBLULBLT.

Os comentários estão fechados.