Caramba, lá vem a conversa do “martírio”

The main opposition candidate in Iran, Mir Hossein Moussavi, was said to be ready for “martyrdom” Saturday as thousands of protesters clashed with police in protests that defied warnings from Iran’s supreme leaders. [CNN]

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

5 Responses to Caramba, lá vem a conversa do “martírio”

  1. Do que estava à espera, Carlos? É mais um atrasado mental “louco de Deus”. Muita razão tinha o Xá Reza Pahlevi, quando dizia que preferia ver o irão governado pelos comunistas do Tudeh, que …”por essa gente violentamente retrógrada e má”…
    Tinha razão. O tal “democrata” Mossavi é apenas um entre muitos biltres apaniguados dos cafetãs turbantados. Em suma, uma bestinha.

  2. o sátiro diz:

    há sem dúvida um abuso do termo “martírio” pelo islão, mesmo por assassinos-caso da palestina- com a aceitação tácita hipócrita dos media ocidentais. Mas isso não retira a Moussavi o papel histórico corajoso em abanar o regime paleolítico da “república islâmica”. Será muito injusto. O k parece óbvio é k as manifs o ultrapassam, e os Ayatollahs estão descontrolados. Mas a brisa da liberdade não se apaga (tipo “Primavera de Praga”) e a médio prazo a pedra lascada vai acabar.

  3. o sátiro diz:

    até pq o eixo Irão-Síria não brinca,veja-se o caso de Hariri e os vários ministros e deputados Cristãos maronitas(tão esquecidos pelo sectarismo doentio ocidental) cobardemente assassinados no Líbano… Significativo é o silêncio cobarde (fundos eleitorais???) dos sectores k ficam histéricos contra Israel, alguns dos quais têm a lata de se proclamarem campeões dos dtos humanos…e defendem regimes da pedra lascada…tal como alguns “media”. Neste aspecto, alguns nomes portugueses são a vergonha da Europa e do séc. XXI.

  4. Pedro Beirão diz:

    Provavelmente vamos ter que lidar com esse “biltre apaniguado dos cafetãs turbantados”. Pena que os iranianos não sejam cristãos católicos! É chato quando o mundo não é exactamente aquilo que nós queremos que ele seja.

  5. Claro, Pedro, vamos ter de lidar com o biltre durante uns meses, porque decorrido o hiato, lá vai o dito cujo borda fora. Conhecemos bem o processo. Quanto ao mundo ser governado por cristãos, estou-me nas tintas. Nem a 1ª comunhão tenho!

Os comentários estão fechados.