Até quando vamos ter de suportar esta situação?

hc

O SOL recuperou os documentos de identificação da sociedade offshore que em 1998 vendeu um apartamento no Edifício Heron Castilho a Maria Adelaide Monteiro, mãe do primeiro-ministro, e que desapareceram do 21.º Cartório Notarial de Lisboa, onde foi feita a escritura de compra e venda.
Os documentos da Stoldberg Investiments Limited mostram que esta offshore, com sede nas Ilhas Virgens Britânicas, tem como procuradora uma portuguesa que vive com o líder de um grupo imobiliário perseguido em França por ligações à Camorra e que reside agora no Algarve.
O desaparecimento dos documentos tinha sido participado pela Ordem dos Notários, tendo o Departamento de Investigação e Acção Penal (DIAP) de Lisboa instaurado já um inquérito. O SOL encontrou cópias autenticadas desses documentos no 2.º Cartório Notarial de Lisboa – onde, quatro anos antes, a Stoldberg comprara o apartamento em causa à Heron Internacional (outra sociedade offshore, proprietária da maioria deste edifício situado na rua Castilho, em Lisboa, onde o primeiro-ministro também comprou um apartamento dois meses antes da mãe, por 47 mil contos).

DISCLAIMER (como também, nestes casos, se costuma escrever): até agora, que eu saiba, ninguém da família de José Sócrates está envolvido em nenhum processo judicial, seja como arguido, seja como suspeito – mas fiz este post por achar que quase todas as investigações jornalísticas que têm sido publicadas nos últimos meses são fortemente credíveis. É a minha opinião, e esta nenhuma forma de pressão, ou processo ou o que quer que seja pode demover; é a minha opinião, repito, que nada pode mudar ou neutralizar.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

12 Responses to Até quando vamos ter de suportar esta situação?

Os comentários estão fechados.