A porta das traseiras

porta-2

Parece-me que num comício deste fim-de-semana um secretário-geral disse pertencer a um partido que tem orgulho no seu líder e que nunca o seu partido ocultou o seu dirigente máximo no gabinete durante uma campanha.

Julgo ser a mesma pessoa que, há dias, numa escola secundária, para não enfrentar alguns miúdos, se esgueirou pela porta das traseiras lá do sítio.

Estarei enganado?

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

5 Responses to A porta das traseiras

Os comentários estão fechados.