A corrupção começa aqui


“O Ministério da Educação pediu a uma escola do primeiro ciclo de Castelo de Vide autorização para filmar crianças a utilizar o Magalhães. Mas, segundo conta hoje o Rádio Clube e o jornal “24 Horas”, as imagens acabaram por passar num tempo de antena do Partido Socialista, na RTP, no passado dia 22.”

Esta notícia é indicadora da degradação total da chamada moral republicana. Corrupção é a utilização indevida daquilo que é do Estado para fins privados. É esta confusão, do que é de todos com os interesses privados, que é o caldo ideologico que permite todas as coisas. Vendo bem, não nos esconderam nada: esta utilização do Ministério da Educação, como extensão do aparelho de propaganda do PS, já estava inscrita nos astros. Há alguns meses, a própria ministra da Educação confessou a um jornal ficar comovida quando uma criança lhe disse, depois da distribuição do Magalhães, que quando for grande ia votar PS. Dai até à cedência de imagens, foi só um passo.

Sobre Nuno Ramos de Almeida

TERÇA | Nuno Ramos de Almeida
Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

9 respostas a A corrupção começa aqui

  1. carlos graça diz:

    …Degradação moral, e ética também… isto já não é um País, é um paraíso da política off-shore…

  2. Jorge diz:

    Excelente e oportuno comentário.

  3. rosarinho diz:

    “Há alguns meses, a própria ministra da Educação confessou a um jornal ficar comovida quando uma criança lhe disse, depois da distribuição do Magalhães, que quando for grande ia votar PS” Esta afirmação da senhora ministra da Educação fez-me (como hei-de exprimir???) entrar em órbita espacial, tal o assombro que me causou…
    Eu não sei como isto é possível (?)…

  4. Enojado diz:

    A pouca vergonha socretina não tem limites.
    Mas ainda não vimos nada. Daqui em diante é que vai ser.

  5. JMG diz:

    Não há um organismo qualquer que trata destas coisas? CNE ou coisa que o valha? Bem sei que a culpa costuma morrer solteira, mas mesmo assim as oposições não podiam mexer-se?

  6. Vitoriano diz:

    Mas quais oposições?

    Existe oposição em Portugal?

  7. Eu começo seriamente a questionar-me se estas situações não serão ‘fabricadas’ até ao mais ínfimo pormenor pelo PS para desviar a atenção do que realmente importa: a crise, o desemprego, a insegurança, a fome que grassa por esse país fora…

    Sim, porque há sempre uns ‘patinhos que caem na rede’ e resolvem fazer disto um facto político de dimensões dantescas. Por acaso, esta notícia ainda não atingiu o seu auge, porque os meios de comunicação social estão mais interessados em falar da gripe suína.

    Provavelmente, este não foi o melhor ‘timing’, mas lá chegará o dia em que isto se tornará um drama nacional.

    Eu não estou a dar razão ao PS. Sim, não foi nada ético a utilização de imagens recolhidas pelo ME para uma campanha de propaganda do partido. Mas existem questões muito mais preocupantes, não?

  8. maria monteiro diz:

    «Uma criança queria ganhar 100 euros e rezou durante 2 semanas para Deus.

    Como nada acontecia, ela resolveu enviar uma carta para o Todo-Poderoso com o pedido.
    O correio recebeu uma carta para Deus/Vaticano

    Resolveram mandá-la para a Conferência Episcopal Portuguesa. Estes, comovidos com o pedido, mandaram uma nota de 5 euros.

    A criança recebeu os 5 euros e imediatamente viu o endereço do remetente: Conferência Episcopal Portuguesa
    Pegou num papel e caneta e escreveu uma carta de agradecimento:
    Obrigado Deus: Muito obrigado por me mandares o dinheiro que eu pedi, mas peço que na próxima o mandes para a minha morada , porque aqui no CEP ficaram com 95% »

  9. Pingback: cinco dias » O nosso lugar infecto - e ninguém quer estragar a alegria “S” ?

Os comentários estão fechados.