O socratismo é tóxico e contagioso

O Zé que tanta falta fazia à malta já tratou de vasculhar os canhenhos da lei em busca de forma de esconjurar a insidiosa propaganda dos adversários.
Domingos Névoa deve também ter apanhado a bactéria oportunista: agora, atirou com um processo por difamação ao toutiço do mesmíssimo Zé.

Este artigo foi publicado em cinco dias, Nuno Ramos de Almeida. Bookmark o permalink.

4 respostas a O socratismo é tóxico e contagioso

  1. Rui Martins diz:

    Sucede que a mesma autarquia já mandou retirar da mesma rotunda um cartaz da Juventude Socialista…

  2. Zé Manel diz:

    Não esquecer o cartaz do PNR que Sá Fernandes mandou retirar de forma abusiva e ilegal. Em Entrecampos, portanto nada a ver a história do Marquês de Pombal.

  3. carlos fonseca diz:

    A época é dos ‘zés’. Zé e PS, pesem embora as incursões por outros domínios partidários, começa a ser uma junção funesta para muitos cidadãos.

  4. ezer diz:

    E,segundo a peça da RtP até parecia que era SÓ com o PSD!Ele anda uma panelinha do PS versus PSD…concerteza são as mentes elitistas que dirigem a linha da RTP.Alternativa à camarilha do PS só a do PSD,partido de grandes vigaristas, ladrões e tutti quanti de escumalha

Os comentários estão fechados.